Judaísmo Hebraísta Torah Iehouah

 

"Assim diz Iehouah, o teu (redentor), o (santo) de Isra’el: Eu sou Iehouah, o teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar."

 
Isaías - Ieshaiahu 48:1 Ouvi isto, casa de Ia”akov, que vos chamais do nome de Isra’el, e saístes das águas de Iehudah, que jurais pelo nome de Iehouah, e fazeis menção do Deus de Isra’el, mas não em verdade nem em justiça.
2 E até da santa cidade tomam o nome e se firmam o Deus de Isra’el; Iehouah dos Exércitos é o seu nome.
3 As primeiras (coisas) desde a antiguidade as anunciei; sim, pronunciou-as a minha boca, e eu as fiz ouvir: apressuradamente as fiz, e passaram.
4 Porque eu sabia que eras duro, e a tua cerviz um nervo de ferro, e a tua testa de bronze.
5 Por isso (te) anunciei desde então, e (te) fiz ouvir antes que acontecesse, para que não dissesses: O meu ídolo fez estas (coisas), ou a minha imagem de escultura, ou a minha imagem de fundição as mandou.
6 Já o tens ouvido; olha bem para tudo isto; porventura não o anunciareis? desde agora te faço ouvir (coisas) novas e ocultas, que nunca conheceste.
7 Agora são criadas, e não desde então, e antes deste dia não as ouviste, para que não digas: Eis que já eu as sabia.
8 Nem tu as ouviste, nem tu as conheceste, nem tão pouco desde então foi aberto o teu ouvido, porque eu sabia que obrarias muito perfidamente, e que eras prevaricador desde o ventre.
9 Por amor do meu nome retardarei a minha ira, e por amor do meu louvor me conterei para contigo para que te não venha a cortar.
10 Eis que te purifiquei, mas não como a prata: provei-te na fornalha da aflição.
11 Por amor de mim, por amor de mim o farei, porque como seria profanado o meu nome? e a minha glória não a darei a (outro).
12 Dá-me ouvidos, ó Ia”kov, e tu, ó Isra’el, a quem chamei; eu sou o mesmo, eu o primeiro, eu também o último.
13 Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos.
14 Ajuntai-vos todos vós, e ouvi: Quem, dentre eles tem anunciado estas (coisas)? Iehouah o amou, e executará a sua vontade contra Babilônia, e o seu braço será contra os caldeus.
15 Eu, eu o tenho dito; também já o chamei e o farei vir, e farei próspero o seu caminho.
16 Chegai-vos a mim, ouvi isto: Não falei em segredo desde o princípio; desde o tempo em que aquilo se fez eu estava ali: e agora o (soberano) Iehouah me enviou o seu (espírito).
17 Assim diz Iehouah, o teu (redentor), o (santo) de Isra’el: Eu sou Iehouah, o teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar.
18 Ah! se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos! então seria a tua paz como o rio, e a tua justiça como as ondas do mar.

19 Também a tua descendência seria como a areia, e os que procedem das tuas entranhas como os seus grãos; o seu nome nunca seria cortado, nem destruído da minha face.

Versão Almeida, com resgate dos nomes hebraicos pessoais e algumas correções textuais entre parênteses.
 
 

Iehouah era a escolha e o mestre do profeta Ieshaiahu conhecido em português, geralmente, como Isaías. Análise sincera de atuais opções judaicas e talvez de outras crenças demonstra que “o profeta” não se encaixaria em nenhuma opção atualmente existente e outras que possam ser investigadas na corrente do tempo. Atualmente ele seria mal interpretado, evitado, criticado e ainda que ganhasse apoio de alguns veria a dissipação devido aos interesses econômicos, políticos, sociais e psicológicos que norteiam a maior parte das sociedades e a maioria de cada parte. A verificação do texto bíblico comum coloca essa mesma experiência acontecendo com o personagem. Alguns exemplos são simples: a autoridade, nome e pessoa Iehouah era – estritamente – redentor (salvador), Deus ou Divindade, aquele que podia lhe ensinar o que era útil e o guia do caminho em que devesse andar. Quantos textos pré existentes ele repetia ou referenciava? A quantos sábios, mestres, gurus e salvadores submetia sua consciência? Somente Iehouah. Do jeito que acreditava e vivia. Sem apoio político (da realeza) de seu tempo e local, sem apoio da maioria dos sacerdotes e mestres de seu contexto, segundo relatos outros assassinado pelo seu rei da forma mais cruel e humilhante possível. Bem... Isso é um exemplo da vida de servos ou pessoas totalmente inspiradas em Iehouah, o Elohim ou Deus dos hebreus. Não faz parte de nada atualmente organizado e sistematizado na sociedade ocidental e que tenta se referenciar pelo mesmo. A prioridade de suposta união, unidade, uniformidade é priorizada sempre sobre negociação da consciência individual e às custas da honra, justiça, ética e paz devida a cada ser vivo. Se sua inspiração, segundo sua opinião ou preferência, é Iehouah e os alto valores refletidos na Bíblia Hebraica ou Antigo Testamento, lembre que sua consciência é o Ieshaiahu do momento, a voz atualizada do próprio Iehouah por meio de você, se assim permitir mediante escolha pessoal. Assim como aquele real herói sua missão não será ser robotizado, antes trazer vida mental à existência. E nunca estará só. Garanto por experiência própria. A totalidade da sua fraternidade jamais terá limites se seu guia for como o meu o de Ieshaiahu: universal.

 

Contato

Cesar Arevalo - Benaiah Cabral - Iechanochel - Iehoutah
iehouah.blogspot.com

torahiehouah.blogspot.com

yehowah-iehouah.blogspot.com
(071)991000512 - Telefone celular e whatsapp judaismohebraista@gmail.com